• TOTAL FM
    Locutor: TOTAL FM Programa: Programação Normal
08/05/2018 Por Décio Rodrigues
Base e oposição colocam secretário da Saúde em xeque

Os vereadores de Sertãozinho criticaram duramente o secretário de Saúde, Fabrício Fonseca na sessão ordinário que aconteceu na última segunda-feira (07).

Dentre os mais exaltados contra algumas atitudes do secretário, destacam-se os vereadores Dino Merlin (PSDB) e Rogério Rodrigues (PV), ambos da base aliada do prefeito Zezinho Gimenez (PSDB).

Rodrigues chegou a pedir “respeito” ao secretário Fabrício Fonseca durante a sua explicação pessoal.

“O Fabrício precisa responder aos questionamentos dos vereadores. Fiz várias solicitações de esclarecimentos a ele e até agora não obtive retorno. Ele deveria inclusive dar uma passadinha lá na UPA para ver como andam as coisas por lá. Não precisa ir todo dia, mas pelo menos uma vez por mês”, ironizou.

Merlin também não poupou Fonseca de críticas e disse que “ faz tempo que ele vem segurando as pontas para não deixar estourar na administração, mas que chega uma hora que não dá. É muita gente reclamando do atendimento na saúde municipal e da falha na comunicação do secretário”.

Os vereadores da oposição também se posicionaram contra aquilo que chamaram de descaso com saúde na cidade.

O vereador Ricardo Almussa (PSC) enumerou algumas solicitações que chegaram até seu gabinete e fez questão de comentar durante a sessão.

“ Tem casos aqui de gente que está esperando por cirurgia no joelho, ressonância magnética, operação na visão, enfim, são mais de 30 casos que chegaram só no meu gabinete e o Fabrício (Fonseca) ainda não deu um retorno. A população cobra dos vereadores, que por sua vez, não tem muito o que fazer. Quem pode mudar alguma coisa é o prefeito, pois quem escolhe os secretários e se responsabiliza pelas ações deles, é ele”, observou Almussa.

Babá da Farmácia (PSB) também usou a palavra para criticar a gestão de Fonseca à frente da saúde sertanezina.

“Tem um menino aqui da cidade que está na fila de espera para uma cirurgia desde o ano passado e até o momento, o senhor secretário não emitiu um posicionamento sobre o caso. Além desses casos, tem inúmeras reclamações contra a saúde na cidade, é só dar uma voltinha nas unidades”. Disse.

Procuramos a assessoria de imprensa da Prefeitura para agendar uma entrevista com o secretário, mas até o fechamento dessa reportagem, não obtivemos retorno.

  • Telefone:
    (16) 3947-1421

  • Rua Aprigio de Araújo 864
    Sala 602 - Centro
    Sertãozinho - SP

Todos os direitos reservados - © 2018
Criação de Sites - Otimização de Sites (SEO) RGB Comunicação